Os tipos de patentes e suas diferenças

A patente é uma certificação legal, conferida pelo INPI a fim de permitir a exploração de inventos ou modelos de utilidade. É uma proteção de formas, por assim dizer.

É importante que as empresas conheçam quais os tipos de patentes e como elas se diferenciam entre si. Assim, poderão buscar a proteção adequada para evitar práticas lesivas e manter suas vantagens em relação aos concorrentes.

Para a solicitação de patente, há alguns requisitos como: novidade, inventividade, industriabilidade e legalidade.

No Brasil, há 2 tipos de patentes:

– Patente de Invenção (PI): criações originais ou independentes.

Após o processo de pedido do INPI, as propriedades concedidas pela Patente de Invenção possuem 20 anos de exclusividade.

– Modelos de Utilidade (MU): criações que agreguem inventos já existentes.

Nos Modelos de Utilidade, o prazo concedido é de 15 anos com garantia de, no mínimo, 7 anos de exclusividade.

Caso a invenção ou modelo de utilidade sejam considerados de interesse social, a patente pode ser vinculada a medidas que garantirão o alcance da solução, como exigência de conferir licenças de uso ou até mesmo redução do prazo.

Quer registrar uma patente? Fale conosco! Confie, é Crimark.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Ola! Em que podemos lhe ajudar?